quarta-feira, 5 de outubro de 2016

A última oportunidade.


No dia 30 de setembro de 2016, estive na cidade de Cachoeiro do Itapemirim, situada na região Sul do Espírito Santo, para realizar um trabalho de gravação de um culto. Tudo transcorreu normalmente, e ao final, o pastor fez o apelo e cerca de 8 pessoas aceitaram a Jesus como salvador. O Primeiro foi um senhor idoso, de cabelos grisalhos e que andava arrastando uma perna. Até então tudo bem, na mair normalidade. Quando acabou o culto e as últimas pessoas ainda estavam na igreja, incluindo a mim, chega uma notícia: O senhor crisalho, o primeiro a aceitar a Jesus, saiu da igreja, atravessou a rua e caiu morto , com um ataque cardíaco fulminante. O Serviço de atendimento médico de emergência foi chamado, mas já era muito tarde. 
Isso me levou a refletir: Era um senhor idoso, e imagino quantas vezes ele deveria ter tido a oportunidade de aceitar ao Senhor Jesus durante a Vida? Ele teve a última oportunidade naquele dia! E se tivesse recusado o convite de alguém? E se aparecesse "algo mais interessante para fazer?" Não teria seu nome escrito no livro da vida. E assim acontece todos os dias, com várias pessoas. E também conosco. Será que nós, cristãos , estamos realmente agradando a Deus com nossas vidas? Ou estamos esperando um dia(que nunca chega)  para nos acertarmos diante do altíssimo? Ninguém sabe o dia e nem a hora em que Jesus voltará e nem o dia em que partiremos dessa vida para prestarmos contas de nossas ações junto ao Pai. Então , vamos permanecer em estado de santificação e vigilância, para não sermos pegos de surpresa.

"Portanto, vigiai, pois não sabeis o dia, tampouco a hora em que o Filho do homem chegará."    Mt 25:13

Everson Leal



Nenhum comentário:

Postar um comentário